Releituras de Contos de Fadas – Parte 1

Oi, gente! É Julho, época de férias! Quem está folgando? Quem viajou?

Às vezes a vida não dá folga e turbulências passam por nós. Isso tem acontecido comigo e precisei viajar inesperadamente por um motivo não muito bom. Para relaxar um pouco durante a viagem, levei o livro Princesa Adormecida, da Paula Pimenta. Como eu deveria ter feito o post na semana passada, hoje vou fazer um post divido em duas partes: o primeiro post será a resenha de Cinderela Pop, e o da semana que vem o da Princesa Adormecida.resenha01

Esses livros fazem parte de uma proposta da editora Galera Record, onde a escritora Paula Pimenta faz uma releitura bem atualizada de diversos contos de fadas e princesas. A escritora explica melhor aqui.

Eu li o Cinderela Pop primeiro e recomendo que a leitura seja feita nessa ordem, porque o Princesa Adormecida tem uns “quase spoillers” do outro.

Cinderela PopLeia mais »

Resenha: Minha Vida Fora de Série – 1ª Temporada

Oi oi genteee… E se a sua vida fosse fora de série? Será que daria um livro? A resenha de hoje é MUITO linda! Passei dias olhando minha estante e pensando qual livro seria o felizardo de ter uma resenha aqui pra vocês. Eis que cheguei a conclusão: Minha Vida Fora de Série – 1ª Temporada (Paula Pimenta).

01O livro da 1ª Temporada já começa com uma situação bem complicada. A história começa no aniversário de 13 anos de Priscila, em seu novo lar em outra cidade. Ela morava em São Paulo, mas seus pais se separaram e ela teve que morar com a mãe em BH. Um péssimo presente de aniversário: mudar de casa, de cidade, os pais divorciados, a distancia das amigas de infância, e até mesmo de 3 dos seus 6 animais de estimação. Sim, a Priscila é A P A I X O N A D A por animais, completamente! Mas essa mudança não foi tão ruim assim quanto ela pensava… Uma coisa boa tinha em BH, sua prima Marina.

Percebendo que Priscila agora estava sozinha, distante de tudo o que a deixava feliz, Marina a presenteou com uma caixa de DVD’s do seriado “Gilmore Girls – Tal mãe, tal filha.”, para que a prima não se sentisse tão só. Mas através de Marina, Priscila começa a sair de casa, ir ao clube, ir às festas, e acaba se tornando uma garota popular na nova escola. Logo na primeira vez que vai com a prima ao clube, conhece Marcelo, um garoto de 18 anos. E depois quando chega à escola, conhece Rodrigo. Por coincidência, os dois garotos já se conhecem e isso coloca a Pri numa grande enrascada, pois enquanto Leia mais »

Blogueira nova e um livro Arretado!

Genteeeeeee… PARA TUDO! Preciso dizer: Sou altamente defensora da literatura nacional, sobretudo, pernambucana. O que não diminui meu amor por livros de qualquer lugar do mundo.

Ah, já ia esquecendo. Antes de começar o assunto, preciso me apresentar. Pois então, prazer, Aline Menezes. Não, prazer não. Acho tão estranho falar “prazer”… Talvez satisfação, alegria! Êêê!! Fica melhor assim? Haha. (Risos, por favor)

Sou nova aqui e a Camila me convidou para vir falar sobre minha grande paixão: livros.

Tenho um blog e canal no YouTube chamados “O Quarto de Aline” porque, olha só, também sou apaixonada pelo meu quarto. Tenho 26 anos e diria que não sou uma jovem lá muito normal, que está desempregada, solteira e ainda mora com os pais. Mas sou feliz! Ah, a propósito, fiz Publicidade e tranquei aos 45’ do 2º tempo. Pode isso?!

01

Bem, essa é a minha vida. Descobri que gosto mesmo é de ler e escrever, MUITO. Descobri que a vida é boa, mesmo quando parece ruim; e que nunca é tarde para começar algo novo. Por isso aceitei estar aqui com vocês! Sou mega fã da Lycia Barros, Paula Pimenta e Kiera Cass, mas trarei comentários sobre diversos livros.

Como grande admiradora da literatura nacional, principalmente dos novos escritores que vêm surgindo e do “BUM!” do Wattpad, venho hoje falar um pouco de um livro que me encanta pela simplicidade, proximidade com nossa realidade e facilidade em fazer rir: “A Garota do Ônibus”, escrito pela simpática recifense Dayana Araújo.

Gente, esse livro é BA-BA-DO! Há vários pontos falhos na edição que prejudica um pouco a leitura e a deixa um tanto cansativa (o que é de se esperar de livros da Sollo Editorial), mas sem tirar o brilho e a comédia da história. Dayana conta com muita naturalidade a história deLeia mais »