Bienal-PE e livros do Matheus José

AqubOoPIWLACC7w5tLVug29w92s25ro8ILP_kmM7rX8ZFalar sobre o primeiro final de semana da Bienal-PE é algo que eu vinha protelando há dias. Tanta correria, coisas para estudar, escrever, ler… Até que a estafa me atacou, mas agora já estou bem e pronta pra falar de momentos maravilhosos dessa semana tão literária.

Dia 03/10 foi um dia muito esperado pra mim, ia receber um amigo escritor e iríamos à Bienal-PE para o lançamento do livro dele: “Dante e Beatriz“.

Matheus José, um escritor renascentista de apenas 17 anos, nascido em Juazeiro/BA e morador de Petrolina/PE, esteve lançando seu livro na plataforma de lançamento às 14hs e às 18:30hs no estande dos colegas escritores Sidney Nicéias e Carlos Sierra.  Foi um sucesso! Falou um pouco sobre “Dante e Beatriz“, que já é seu segundo livro, e falou também sobre “Pensamentos de um andarilho“, o primeiro publicado. 

Sobre a Bienal-PE 2015

Sinceramente não gostei muito dessa Bienal, havia pouquíssimos estandes em relação às anteriores. . Gostei de terem dado mais oportunidades aos escritores iniciantes, mas acho que a plataforma de lançamentos deveria ter sido colocada em um local mais privilegiado.

975dd8e6-92a1-4f18-90a6-a17390322632
Matheus José (escritor), eu, Srº Carlos (pai do Matheus), Sidney Nicéas (escritor) e Ana Carolina Sobral (bibliotecária da Prefeitura do Recife).

Sobre o livro “Dante e Beatriz”

Matheus conta que passou cerca de três anos estudando a vida do poeta, escritor e político italiano Dante Alighieri até ter certeza de que estava pronto para escrever esse romance épico. Esse é o tipo de livro que qualquer coisa que eu falar da história, faz-me sentir que estou dando um spoiller, então apenas digo: leia. Leia com cuidado, dedicação, atenção e muito (MUITO mesmo) romantismo. Para o que estamos acostumados, afirmo que este é um livro de leitura bem difícil, com palavras rebuscadas e ótimo para quem quer enriquecer o vocabulário e a linguagem na forma culta. O que me fez gostar muito desse livro é o seu formato dinâmico de ora estar em parágrafos, ora em versos e estrofes, deixando o texto ‘dançante’.

Vejo sendo esse um ótimo livro a ser utilizado nas escolas para estudo de literatura humanista e renascentista italiano, estilos adotados pelo jovem escritor. Li esse livro e fiquei assustada com a incrível capacidade de um adolescente do século XXI escrever algo tão rico de conhecimento e estrutura literária. Surpreendente! Eu daria 10 estrelinhas pra esse livro. AgaHicGAQbXXa4NFqo_qVxR5v2nESsX-TkKr5CctvrP5

Finalizo com versos da poesia Felicidade, do livro Pensamentos de um andarilho, do mesmo escritor:

Tristeza não vai embora,
felicidade sim.

A felicidade é como a poeira
que o vento leva
na madrugada triste,
em momentos breves.

[…]

Beijos, meus amores!!! :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s